Domingo 20 Agosto, 2017

Santos Futebol Clube, o time do DNA ofensivo

Créditos: SantosFC/Ivan Storti

Por: Vítor Henrique

Portal Santista Roxo (Brasil)

Hoje (09), o Santos FC inicia a busca pelo Tetracampeonato da Libertadores contra o Sporting Cristal, às 21h45, no Estádio Nacional, em Lima, no Peru. Depois de um começo de ano oscilante no Campeonato Paulista, o Alvinegro muda a “chavinha” e encara o torneio mais importante em 2017 para o Clube.

Com três vitórias, três derrotas e um empate no Estadual – um aproveitamento de 47.6% – o técnico Dorival Júnior e os jogadores chegaram ao Peru pressionados pelos últimos resultados negativos. Para se ter uma ideia do momento ruim, o time perdeu os dois primeiros clássicos do ano para São Paulo, na Vila, e Corinthians, em Itaquera.

Portanto, uma vitória na estreia da Libertadores seria fundamental para dar moral ao time na sequência do torneio. Depois de quatro anos sem disputar a Libertadores – a último foi em 2012 – o Santos poderá ser, ao fim do Campeonato, o Clube brasileiro mais vezes campeão da competição.

Atualmente, o Peixe divide o mesmo número de títulos com o São Paulo FC. Em 1962, 1963 e 2011, sagrou-se “dono” da América.

Classificação

O Santos voltou à Libertadores graças ao vice-campeonato Brasileiro, em 2016. Com um aproveitamento de 62.3%, o time ficou 8 pontos atrás do campeão Palmeiras e carimbou a sua passagem para o torneio internacional com certa facilidade. Tanto que, na última rodada, o time apenas cumpriu tabela e venceu o já rebaixado América-MG por 1 a 0, na Vila Belmiro.

Contratações para 2017

Matheus Ribeiro, 24 anos: O lateral-direito foi a contratação menos badalada entre os seis reforços do Peixe no ano, mas é polivalente e pode atuar nas duas laterais e pelo meio-campo. O jogador participou apenas do amistoso contra o Kenitra, no Pacaembu.

Vladimir Hernández, 28 anos: O atacante foi contratado do Junior Barranquilla, da Colômbia, em 2016, mas só teve a documentação regularizada na última terça-feira (07). O colombiano encheu o torcedor santista de esperanças ao marcar um gol de bicicleta no amistoso internacional contra o Kenitra, no primeiro compromisso do Peixe, em 2017.

Cleber Reis, 26 anos: O zagueiro veio do Hamburgo no início do ano com status de titular. Contratado por 2 milhões de euros (cerca de R$ 7,3 milhões à época), o zagueiro ainda tenta se firmar na equipe titular. Em sua estreia, foi expulso contra a Ferroviária. No clássico contra o Corinthians, boa parte da torcida culpou o atleta por deixar o atacante Jô marcar de cabeça o único gol da partida.

Leandro Donizete, 34 anos: O volante foi contratado no início do ano com status de capitão. Campeão da Libertadores em 2013 com o Atlético-MG, o jogador ainda busca uma vaga na equipe titular. Com a lesão do ídolo Renato, vinha sido utilizado no meio-campo ao lado de Thiago Maia.

Kayke, 28 anos: Emprestado pelo Yokohama Marino-JAP, o atacante está na disputa pela posição com Rodrigão, reserva imediato de Ricardo Oliveira. Kayke fez o gol da vitória contra o Red Bull Brasil na segunda rodada do Paulistão. O atacante iniciou a partida contra o Corinthians no último sábado (04) como titular, mas não aproveitou a chance e foi substituído.

Bruno Henrique, 26 anos: A principal contratação do Santos para a temporada foi Bruno Henrique. O atacante foi comprado do Wolfsburg por R$ 13,5 milhões, e fez contra o Corinthians a sua segunda partida como titular, porém deve voltar ao banco de reservas na estreia da Libertadores.

Saídas em 2017

Atacante Paulinho, 28 anos: Estava emprestado ao Santos, mas voltou ao Flamengo, e foi re-emprestado pelo time carioca ao Vitória.

Atacante Joel, 23 anos: Estava emprestado ao Santos, voltou ao Cruzeiro, e foi re-emprestado pelo time mineiro ao Botafogo.

Atacante Lucas Crispim, 22 anos: Emprestado ao Ituano durante o Campeonato Estadual.

Meia Serginho, 21 anos: Emprestado ao Santo André durante o Paulistão.

Volante Lucas Otávio, 22 anos: Emprestado ao Avaí durante para o semestre.

Estilo de jogo

O Santos é altamente mutável. Dorival Júnior mencionou algumas vezes durante a pré-temporada que desejava montar a equipe no 5-4-1 ou 5-3-2, utilizando apenas um zagueiro. Como esse modelo requer um longo período de treinamento, a ideia foi substituída pelo convencional 4-2-3-1 (ou 4-3-3 com a bola).

A linha alta, que é uma virtude de ter apenas um zagueiro de ofício e outros volantes posicionados para dar suporte, mostrou que ainda não estava pronta, entretanto, isso acontece mais pela falta de tempo do que ideologia. O Alvinegro terminou 2016 jogando no 4-2-3-1, com o volante Renato tendo uma grande responsabilidade pela transição do jogo.

Ele recuava em todas as situações de posse de bola do Santos para iniciar os trabalhos, basicamente como um libero, para fazer a saída com mais qualidade. Em 2017, no primeiro jogo, ele fez o mesmo, mas já atuando como “zagueiro” desde o início. E deu certo, pois o time venceu por 6×2. Sua presença é fundamental, seja para o time jogar no tradicional 4-2-3-1 ou 5-3-2.

Mas, no jogo contra o Sporting Cristal, Dorival deve optar por dois zagueiros de ofício. Em um dos treinos abertos à imprensa nesta semana, Cleber e Lucas Veríssimo foram os titulares e devem iniciar o jogo no Estádio Nacional.

Jogos disputado este ano:

– Santos 5-1 Kenitra – Pacaembu / Amistoso Internacional

– Santos 6-2 Linense – Vila Belmiro / Campeonato Paulista

– Red Bull 2-3 Santos – Pacaembu / Campeonato Paulista

– Santos 1-3 São Paulo – Vila Belmiro / Campeonato Paulista

– Santos 0-1 Ferroviária – Vila Belmiro / Campeonato Paulista

– Ituano 0-0 Santos – Novelli Júnior / Campeonato Paulista

– Santos 2-0 Botafogo-SP – Vila Belmiro / Campeonato Paulista

– Corinthians 1-0 Santos – Arena Itaquera / Campeonato Paulista

No total são: 4 vitórias, um empate e três derrotas em 2017.

Possível time titular

Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Renato, três dos principais nomes da equipe, devem voltar ao time depois de ficarem afastado por lesões distintas. Poupados no clássico contra o Corinthians no último sábado (04), podem atuar juntos pela primeira vez em 2017.

O time deve ir a campo com: Vladimir; Victor Ferraz; Lucas Veríssimo, Cleber e Zeca; Renato, Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira.

http://www.santistaroxo.com.br/ 


elportalceleste.pe

Comentarios

RSSGoogle+FacebookTwitterYouTube
Seo wordpress plugin by www.seowizard.org.
s